sábado, 24 de novembro de 2012

EVANGELISAR E GANHAR O MUNDO

Assembleia de Deus lança projeto de evangelização para Copa de 2014
Coordenador do projeto no Rio Grande do Sul revela detalhes ao Gospel Prime.
por Michael Caceres



  • Assine via e-mail grátis!
    A partir do dia 12 de junho de 2014 o Brasil vai sediar um dos maiores eventos esportivo do mundo, a Copa do Mundo de Futebol. Os jogos ocorrerão em 12 cidades-sedes e devem atrair turistas de cerca de 200 países e algo em torno de 20 mil jornalistas do mundo todo.
    Com olhos do mundo inteiro voltados para o país, a Convenção Geral das Assembleias de Deus no Brasil está se preparando para lançar um projeto de evangelização durante o evento. O projeto se chamará “AD na Copa” e deve alcançar todo o território nacional.
    O projeto já tem um site oficial (www.adnacopa.com.br) e contará com materiais de evangelismo. Além disso, no dia em que não houver jogos nas cidades sedes, serão realizadas grandes concentrações evangelísticas.
    A Assembleia de Deus está desenvolvendo um projeto pioneiro e audacioso para a evangelização na copa. Coordenador do projeto no Rio Grande do Sul, o pastor David Mattos, presidente da Igreja Assembleia de Deus de Viamão, tem experiência missionária, foi missionário na África do Sul e em Israel e é um dos tradutores oficiais da Scool Of Christ International, em mais de 150 países.
    O pastor falou com exclusividade ao Gospel Prime sobre o projeto “AD na Copa”.
    Leia a entrevista na íntegra:
    Gospel Prime – O senhor tem muita experiência como intérprete e em trabalhos missionários fora do país. No que isso pode contribuir para a coordenação dos trabalhos de evangelismo na Copa?
    David Mattos – Tanto a experiência como intérprete como minha experiência como missionário fora do país, ajudam a entender os diferentes tipos de cultura que poderemos receber durante a copa do mundo. Creio que o fato de eu ter morado em três países diferentes, situados em três continentes diferentes, me coloca numa posição estratégica quanto ao conhecimento da cultura das pessoa que receberemos. Este conhecimento é fundamental para a aproximação e a comunicação da mensagem do evangelho.
    Gospel Prime – A cultura influencia muito na forma de evangelizar?
    David Mattos – Sem dúvida nenhuma. A cultura de um povo não se resume apenas a sua língua ou sua música. Nossa cultura determina toda nossa maneira de pensar, reagir e interagir. Tome como exemplo nosso país, onde temos diferenças culturais enormes entre o sul e o norte, alguns dos métodos que as igrejas do norte do país usam para evangelizar, simplesmente não funcionam em nosso estado, pois a cultura é outra. Agora imagine se recebermos; africanos, europeus, pessoas do oriente médio. É necessário encontrar o método apropriado, que se encaixe em suas culturas, para alcançar estas pessoas,
    Gospel Prime – O Brasil é mundialmente conhecido como a terra do futebol e do carnaval, hoje se destaca no crescimento do cristianismo e como modelo econômico. Que tipo de influência isso pode ter nos trabalhos de evangelismo?
    David Mattos – A imagem do futebol e do carnaval sempre levou ao exterior o entendimento de que o brasileiro é um povo alegre e cordial. Hoje, com o avanço econômico o brasileiro passa a ser visto como um povo trabalhador, eficiente e desejado no exterior (como turista) por seu poder financeiro. A imagem de cordialidade e alegria, associada com esta nova visão do brasileiro no exterior, facilita nossa aproximação para o evangelismo.
    Há muito tempo os brasileiros são vistos como grandes missionários por sua capacidade de adaptação ao país em que estão.
    Gospel Prime – Turistas de cerca de 200 países visitarão o Brasil na ocasião, 20 mil jornalistas do mundo todo, seria uma oportunidade de mostrar o país como sendo uma potência evangélica?
    David Mattos – A ideia é levar a estas pessoas a mensagem do evangelho de Jesus Cristo. Mas, sem dúvida, a grande mobilização que está sendo feita poderá repercutir mostrando a potência evangélica que é o nosso país.
    Gospel Prime – O futebol não é associado pela igreja brasileira, principalmente pelas assembleias de Deus, como “diversão familiar” lícita. Isso pode atrapalhar em algum momento os projetos de evangelismo?
    David Mattos – É claro que sim! Mas, desde que o projeto iniciou tem se buscado conscientizar as lideranças de nossas igrejas que o objetivo é alcançar vidas que virão buscar divertimento em nosso país e, que, através deste trabalho terão a oportunidade de encontrar a Cristo.
    Gospel Prime – O Rio Grande do Sul é ainda mais conservador neste aspecto. Como o senhor pretende vencer esta barreira?
    David Mattos – A barreira começou a ser vencida com o apoio do presidente de nossa convenção, Pr. Ubiratan Batista Job, que me convidou para liderar este projeto em nosso estado. Em nossa última convenção estadual, tive a oportunidade de falar ao plenário e busquei mostrar que nosso interesse não é futebolístico e sim evangelizar. A resposta que tenho recebido por parte da liderança de nossas igrejas é a mais positiva possível.
    Gospel Prime – Como serão coordenados os trabalhos?
    David Mattos – Este é um projeto da Convenção Geral das Assembleias de Deus no Brasil. O projeto é chamado de ADNACOPA e é coordenado pelo Pr. Arnaldo Senna da Silva. Cada cidade que receberá os jogos tem um coordenador local.
    Aqui no Rio Grande do Sul, foi convidado todas as igrejas da grande Porto Alegre para participarem do projeto. De treze cidades tivemos apenas duas ausências em nossa última reunião. Cada cidade está estudando a melhor maneira para evangelizar.
    Gospel Prime – Que tipo de material será usado?
    David Mattos – O material é muito variado e dependerá também, da nacionalidade das pessoas que estaremos recebendo. Será usando banners, camisetas, dvds, panfletos (na língua destas pessoas). Muito mais está sendo planejado pelos coordenadores locais.
    Já temos um site: www.adnacopa.com.br



    Leia mais...

    Abner Ferreira recebe Medalha do Mérito por trabalhos de evangelização

    Abner Ferreira recebe Medalha do Mérito por trabalhos de evangelização

    Milhares de conversões na “Casa do Inferno”

    Milhares de conversões na “Casa do Inferno”

    Evangelismo no ciberespaço

    Evangelismo no ciberespaço

    Idosa de 79 anos faz de aeroportos sua casa para evangelizar

    Idosa de 79 anos faz de aeroportos sua casa para evangelizar


    Comentar Facebook

    10 comentários

    • natalino No Brasil formou um prato religioso apos a descoberta. Veio uma porção de idolatria trazido pelos português; juntada com outra porção de espiritismo trazido da África através dos escravos e, juntou com outra porção de supertição dos nativos da qui, formando assim um prato religiosa. Só que a mensagem Bíblica não pode ter mistura.
      Responder
    • helexandro parabens pela a iniciativa…
      Responder
    • Marcílio Importa que o Evangelho seja pregado. vc fica criticando, vai ver que não faz nada pra resgatar os perdidos.
      Responder
    • Mateus O Brasil já eh um país cristão, desde que foi invadido e catequizado pelos católicos portugueses. Essa atual “evangelização” se chama PROSELITISMO e em nada contribui para o Reino. Mas contribui para o aumento do número de “evangélicos” e a arrecadação das igrejas.
      Responder
      • wagner- Que catequese apregoou o catolicismo no Brasil ,meu caro Mateus?
        - Matança de brasilíndios por não se converterem ao catolicismo?
        - Aqui no Brasil a bíblia começou a ser difundida entre os leigos católicos em meados dos anos 60!
        - Antes disso, os padres rogavam que católios queimassem as bíblias, por que deixavam loucos que as lia,
        - Tu és novo ainda, meu caro!
        Responder
    • CINTIA ESPINDOLA Ótima ideia! Ouvi falar que as seleções que jogarão em Poa, são as que tem imigrantes no RS, ou as do Conesul, se for verdade, vai facilitar o evangelismo, pois os descendentes já tem ideia da cultura!
      Responder
    • wagner - Pois é, quando se trata de evangelismo e salvar almas, Assembléia de Deus sai na frente!
      - Não é atoa que mesmo sem propagandas nas mídias, possuidoras de emissoras de rádio e TV, a mesma cresce dia-a-dia!
      - É isso aí, sair das quatro paredes, arregaçar as mangas e aumentar as fileira no caminho do céu!
      - Sejam abençoados nesta obra ao Senhor!
      Responder
    • Eliseu Que Deus venha abençoar a todos os que tenham esta visão de evangelizar,pois será uma grande oportunidade de anunciar as Boas Novas do evangelho de nosso Senhor Jesus Cristo.
      Responder
    • edmilson Se esse projeto tiver o “padräo de qualidade” que a Assembléia de Deus supervisionada pela CGADB costuma ter em seus trabalhos de evangelismo no Brasil, entäo “essa copa” ja está perdida.
      Quem ja trabalhou dentro da AD Belém sabe, que eles däo um banho de incompetência em qualquer organizacäo. Säo extremamente atrasados no tempo e usam em 2012, uma línguagem dos anos 30. profissionalismo Zero. O evangelismo que eles fazem se reduz á, enviar alguns denodados jovens para esquinas de eventos, vestidos com camisas com propagandas da AD e com uma sacola de panfletos e faixas e com uma caixa de som (semelhante a ano eleitoral)e com meia dúzia de frases de efeitos, Como do tipo: “JESUS SALVA” “JESUS TA VOLTANDO”
      Acho isso um tipo de evangelismo “pobre” “Proselitista” e sem finalidade.
      Responder
    • Renato Que muitas almas venham para Jesus nesse período!!!
      Responder

    Deixe sua opinião!

    Você tem 1000 caracteres para escrever. (Comentários maiores serão deletados)



    Sem comentários:

    Enviar um comentário