sábado, 14 de maio de 2016

Uma igreja evangélica do distrito de Jaci-Paraná, a 90 km de Porto Velho (RO), organizou um mutirão de doação de sangue para ajudar a Fundação de Hematologia e Hemoterapia de Rondônia (Fhemeron).
Mais de 50 jovens da Igreja Adventista do Sétimo Dia viajaram até a capital para doar sangue, ajudando a aumentar o estoque de sangue da unidade.
Um ônibus fretado do Consórcio do Sistema Integrado Municipal de Transporte de Passageiros (SIM) apoiou a atitude e levou os jovens até Porto Velho gratuitamente.
De acordo com o pastor Jorge Amoras, coordenador do clube de líderes de jovens da igreja, o projeto de doação de sangue é realizado há dez anos.
“Solicitamos a parceria com o SIM para trazer os doadores até a capital, já que eles moram há 90 quilômetros da cidade. Além deles mais membros da Igreja estarão doando”, disse.
A expectativa era que pelo menos 200 pessoas fossem até o SIM doar sangue, uma quantidade significativa que irá ajudar pacientes que precisam de transfusão.
A assistente social da Fhemeron, Maria Luiza Pereira, destacou ao G1 a importância dessa mobilização da igreja diante das necessidades do banco de sangue da capital.
“Em abril a necessidade de doação quase que dobrou. Essa campanha é realizada por jovens que podem está retornando e fazendo novas doações, dando um maior estoque. Com essas doações de hoje, superaremos em 500% da média normal de um sábado, pois coletamos apenas 30 bolsas, em média, nos fins de semana”, disse ela.
Moradores da região que desejarem doar sangue para o projeto “Vidas por Vidas” precisam apenas se dirigir até a Fhemeron e se oferecer como doador de sangue.
Para doar é preciso levar um documento original de identidade com foto; ter peso superior a 50 quilos; idade entre 16 e 69 anos; não estar em jejum e não ter ingerido alimentos gordurosos nas últimas três horas.
Você também pode ajudar os bancos de sangue de sua cidade.

Sem comentários:

Enviar um comentário