quarta-feira, 22 de junho de 2016

https://www.facebook.com/jaderlucioaguiar/posts/1239630029383084

TÃO PEQUENA,MAS CHEIA DA UNÇÃO !!! Sara Martins SETE TROMBETAS

A MAIOR OBRA NA VIDA DO APÓSTOLO PAULO ---Camila Barros, MENSAGEM COMP...

SILAS MALAFAIA 2016 OS TRÊS TEMPOS DE DEUS NAS NOSSAS VIDAS A MLHOR PR...

O jejum escolhido por Deus
Por Claudio Santos

O jejum escolhido por Deus O jejum escolhido por Deus
Igreja do século 21, jejum, assim como a esmola e a oração, é algo secreto, e não exibição!! Foram as únicas coisas que Jesus nos mandou fazer em “oculto” – Jejum (Do hebraico “tsun” e do grego, “nesteia”, abster-se de comida).
Isaías 58 trata desse assunto (O JEJUM) de forma bem dinâmica. Acontece que, muitos atropelam o contexto e, passam diretamente para o que é só interesse pessoal, Vejamos Is. 58:8-12:
“Então romperá a tua luz como a alva, e a tua cura apressadamente brotará, e a tua justiça irá adiante de ti, e a glória do Senhor será a tua retaguarda.
9 Então clamarás, e o Senhor te responderá; gritarás, e ele dirá: Eis-me aqui. Se tirares do meio de ti o jugo, o estender do dedo, e o falar iniquamente;
10 E se abrires a tua alma ao faminto, e fartares a alma aflita; então a tua luz nascerá nas trevas, e a tua escuridão será como o meio-dia.
11 E o Senhor te guiará continuamente, e fartará a tua alma em lugares áridos, e fortificará os teus ossos; e serás como um jardim regado, e como um manancial, cujas águas nunca faltam.”
Que alegria!!… Tudo bem!… Contudo, vejam bem o que DIZEM os versos anteriores (vs 3-7):
“3 Dizendo: Por que jejuamos nós, e tu não atentas para isso? Por que afligimos as nossas almas, e tu não o sabes? Eis que no dia em que jejuais achais o vosso próprio contentamento, e requereis todo o vosso trabalho.
4 Eis que para contendas e debates jejuais, e para ferirdes com punho iníquo; não jejueis como hoje, para fazer ouvir a vossa voz no alto.
5 Seria este o jejum que eu escolheria, que o homem um dia aflija a sua alma, que incline a sua cabeça como o junco, e estenda debaixo de si saco e cinza? Chamarias tu a isto jejum e dia aprazível ao Senhor?
6 Porventura não é este o jejum que escolhi, que soltes as ligaduras da impiedade, que desfaças as ataduras do jugo e que deixes livres os oprimidos, e despedaces todo o jugo?
7 Porventura não é também que repartas o teu pão com o faminto, e recolhas em casa os pobres abandonados; e, quando vires o nu, o cubras, e não te escondas da tua carne?”
Ops!… Temos que reler!… Então, depois da releitura do texto, que tal a leitura do capitulo inteiro, pois mais adiante, sobretudo o verso 13:
“Se desviares o teu pé do sábado, de fazeres a tua vontade no meu santo dia, e chamares ao sábado deleitoso, e o santo dia do Senhor, digno de honra, e o honrares não seguindo os teus caminhos, nem pretendendo fazer a tua própria vontade, nem falares as tuas próprias palavras,
14 Então te deleitarás no Senhor, e te farei cavalgar sobre as alturas da terra, e te sustentarei com a herança de teu pai Jacó; porque a boca do Senhor o disse.”
Então, irmãos, se colocarmos o nosso entendimento nos princípios da Palavra de Deus, vamos ter um benefício maior acerca do Jejum. Afinal esta ferramenta tem um fim de nos santificar não é para a glória de nenhuma igreja ou ministério, e, sim para a glória de Deus.
Não temos méritos sobre o jejum. As Escrituras ensinam que o povo de Israel ora jejuava para santificar-se para o dia da guerra (2 Cr. 20); ora jejuava como sinal de choro pela nação (I Sm. 31-13); ora jejuava como forma de arrependimento nacional (I Sm. 7:6), etc. O jejum também serviu de modelo como preparação ministerial e fortalecimento emocional (Mt. 4-1:12).
O propósito do Jejum é sempre nos aproximar mais de Deus (Joel 2:12-15)
“Ainda assim, agora mesmo diz o Senhor: Convertei-vos a mim de todo o vosso coração; e isso com jejuns, e com choro, e com pranto.
13 E rasgai o vosso coração, e não as vossas vestes, e convertei-vos ao Senhor vosso Deus; porque ele é misericordioso, e compassivo, e tardio em irar-se, e grande em benignidade, e se arrepende do mal.”
Exemplos Clássicos de Jejuns Espiritual
Como exemplo de que não temos méritos sobre jejum, vamos nos concentrar na história de Jeroboão e de Jesus.

O jejum de Jeroboão

O rei Jeroboão, clamou aos céus em 2 Crônicas 20. Ele proclamou um santo Jejum, pois os moabitas, amonitas ameaçavam pelejar e devastar toda o reino de Judá. Ele orou. Quando vc jejua você ora? O principal motivo deve ser esse, de buscar a face de Deus.
Jeroboão se humilhou. Quando você jejua, você se humilha?
Jejum não é passar um pouco de fome, nem fazer dieta.
Jejum não é passar um pouco de fome e depois falar para todo mundo que você é “santo” e “poderoso”. Não. isso não. O jejum aponta para o céu. O jejum que fizermos deverá dizer que Deus é Santo e Todo Poderoso, não nós, nem a nossa igreja, mas Deus!Jeroboão e todo o povo seria exprimido e derrotado, consequentemente expulso da terra que Deus prometera a Abraão.
Eles não dariam conta daqueles exércitos de homens furiosos!! Mas,ele agiu por fé (não apenas fazendo um regime ou dieta, mas jejum de verdade) não por emoção, mas por fé! E, Deus honrou a aquele homem. Vejamos a sua oração:“Ah! nosso Deus, porventura não os julgarás? Porque em nós não há força perante esta grande multidão que vem contra nós, e não sabemos o que faremos; porém os nossos olhos estão postos em ti”
Então a resposta do Senhor chegou do céu, ativando um dos levitas entre o povo, Jaaziel, e disse: “… Assim o Senhor vos diz: Não temais, nem vos assusteis por causa desta grande multidão; pois a peleja não é vossa, mas de Deus.(vs 10-18):
16 Amanhã descereis contra eles; eis que sobem pela ladeira de Ziz, e os achareis no fim do vale, diante do deserto de Jeruel.
17 Nesta batalha não tereis que pelejar; postai-vos, ficai parados, e vede a salvação do Senhor para convosco, ó Judá e Jerusalém. Não temais, nem vos assusteis; amanhã saí-lhes ao encontro, porque o Senhor será convosco.
18 Então Jeosafá se prostrou com o rosto em terra, e todo o Judá e os moradores de Jerusalém se lançaram perante o Senhor, adorando-o.
O resultado daquele santo jejum, (e não dieta), porém, algo “espiritual” e “sobrenatural” = Vitória!!! (vs. 22-23):
“E, quando começaram a cantar e a dar louvores, o Senhor pôs emboscadas contra os filhos de Amom e de Moabe e os das montanhas de Seir, que vieram contra Judá, e foram desbaratados.
23 Porque os filhos de Amom e de Moabe se levantaram contra os moradores das montanhas de Seir, para os destruir e exterminar; e, acabando eles com os moradores de Seir, ajudaram uns aos outros a destruir-se.”
Jeroboão e o povo jejuou, venceram, e deram glória a Deus!!

Jesus ensinou sobre o Jejum:

“E, tendo jejuado quarenta dias e quarenta noites, depois teve fome;
3 E, chegando-se a ele o tentador, disse: Se tu és o Filho de Deus, manda que estas pedras se tornem em pães.
4 Ele, porém, respondendo, disse: Está escrito: Nem só de pão viverá o homem, mas de toda a palavra que sai da boca de Deus.”
Ele sentiu fome, foi tentado, mas não cedeu! O seu jejum tinha um propósito. A sua fome estava compensada pela comida espiritual. “Nem só de pão viverá o homem, mas de toda a Palavra de Deus…” Quando você se esvazia de comida, você se alimenta do Espírito?
Jesus venceu, e foi honrado por anjos servidores. (Mt. 4:11).
A batalha de Jesus com satanás foi em secreto, no deserto. Daí, veja mais o que Jesus ensinou sobre o jejum mais lá na frente:
“E, quando jejuardes, não vos mostreis contristados como os hipócritas; porque desfiguram os seus rostos, para que aos homens pareça que jejuam. Em verdade vos digo que já receberam o seu galardão.
17 Tu, porém, quando jejuares, unge a tua cabeça, e lava o teu rosto,
18 Para não pareceres aos homens que jejuas, mas a teu Pai, que está em secreto; e teu Pai, que vê em secreto, te recompensará publicamente.” (Mt. 6:16-18).
Concluindo, o jejum é um sentido pleno de humildade e total dependência perante o Altíssimo, e nunca um sentido de orgulho espiritual, religioso pessoal ou institucional.
Bom, “informações” sobre o jejum tem muitas, contudo oremos para que o nosso Deus nos traga mais “revelação” sobre isso, em nome de Jesus!
Até a próxima, irmãos.
Claudinho Santos
Jesus aparece a refugiados que cruzavam mar e acalma tempestade
Refugiados sobreviveram à perigosa e se converteram
Filme sobre a Hillsong estreia em setembro
Documentário mostra trajetória da banda Hillsong United e o trabalho da igreja